F1 – Investigação do acidente de Maria de Villota é concluída

Maria de Villota

Uma investigação sobre o acidente de Maria de Villota em testes com um carro da Marussia em 2012 concluiu que nenhuma atitude será tomada contra as partes envolvidas.

De Villota bateu em um caminhão enquanto realizava testes em linha reta pela Marussia no aeroporto de Duxford. Ela perdeu seu olho direito, mas se recuperou totalmente dos outros ferimentos.

De Villota morreu em outubro de 2013, aos 33 anos de idade.

Logo após o incidente, a Marussia descartou um problema com seu carro como causa depois de sua própria investigação detalhada.

E o Executivo de Saúde e Segurança (HSE) do Reino Unido, cuja função é investigar incidentes nos quais alguém se feriu como resultado de uma atividade de trabalho, agora concluiu seu inquérito.

“A investigação do incidente agora concluiu que nenhuma atitude será tomada contra as partes envolvidas”, declarou um porta-voz do HSE ao site Autosport.

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.