F1 – Dia 5 da pré-temporada é um fracasso para a Mercedes

Mercedes e Toro Rosso

Por: Adauto Silva

O quinto dia de testes da pré-temporada da F1 realizado hoje no circuito espanhol em Barcelona revelou-se um verdadeiro fracasso para a equipe multi-campeã Mercedes.

Depois de tomar um vareio da Ferrari nos quatro primeiros dias da semana passada, os alemães vieram com uma série de atualizações no carro, todas elas para melhorar o equilíbrio em freadas, curvas e mudanças abruptas de direção, fatores que segundo nossas fontes, estavam deixando os campeões mundiais para trás não apenas da Ferrari, mas também da Red Bull.

Mas o dia foi um fracasso. Hamilton começou a testar algumas dessas atualizações pela manhã, na maioria das vezes – como é praxe – com pneus mais duros, no caso o C2. O atual campeão mundial conseguiu completar muitas voltas (83) fornecendo muitos dados e seu feddback para a equipe até a hora do almoço.

Hamilton disse para a equipe – entre vários detalhes – que achou que o carro deu uma “melhorada”.

Depois disso era a vez de Bottas, que iria testar o W10 já com um acerto mais agressivo e com pneus C4 para ver se realmente o tempo de volta melhoraria, não apenas em volta voadora, mas principalmente em stints de média duração, para checar a durabilidade dos pneus com as atualizações e os novos acertos de carro.

Mas um vazamento de óleo impediu o finlandês de sequer completar uma volta antes de ser obrigado a parar. O motor precisou ser trocado e Bottas só conseguiu voltar à pista poucos minutos antes do treino acabar, completando apenas 7 voltas no dia.

Os tempos de volta com os pneus C2 não foram nada promissores para Hamilton e Bottas. Lance Stroll com uma Racing Point, conseguiu virar hoje 1:19.644s com os mesmo compostos tipo C2 que Hamilton virou em 1’20.332s e Bottas em 1’20.167s.

Para se ter uma ideia do quanto a Mercedes parece atrasada, o tempo de Lando Norris hoje com pneus C4 em 1’17.709s, segundo a Pirelli seria corrigido para 1’18.909s se ele estivesse com compostos C2.

Amanhã, no sexto dia de testes, os alemães vão ter que começar de onde pararam hoje na hora do almoço, pois perderam toda a tarde para descobrir se de fato as atualizações e os novos acertos que elas exigem, levarão o carro mais para perto da frente do grid, onde no momento estão Ferrari e depois Red Bull.

A sorte da Mercedes é que a Ferrari também teve problemas de refrigeração hoje pela manhã, o que manteve Leclerc dentro dos boxes por cerca de 2 horas antes do almoço.

Nada está perdido neste momento. As atualizações – que eram para ser colocadas no carro somente em Melbourne – podem resultar em boa melhora depois de devidamente compreendidas pela equipe, mas amanhã a Mercedes tem que conseguir andar bastante sem ter problemas…

Adauto Silva
Leia e comente outras colunas do Adauto Silva

Os treinos de pré-temporada já começaram e assim como nos últimos anos, convidamos você para acompanhá-los conosco aqui todos os dias a partir das 8 horas da manhã até às 2 da tarde ao vivo de Barcelona até essa sexta-feira. Tudo ao vivo e em detalhes para você ficar totalmente por dentro de como começa a temporada de 2019 da Fórmula 1!

AS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.