F1 – Definidos compostos para o GP da Rússia

Pneus da Fórmula 1

A Pirelli anunciou quais três compostos estarão disponíveis para os pilotos no grid para o GP da Rússia em setembro.

Os novos pneus rosa hiper macios – que estrearam no mês passado em Mônaco e reprisaram seu papel no Canadá na semana passada – estarão de volta.

A fornecedora de pneus também levará outro composto macio para Sochi, com os ultras macios roxos na lista para os pilotos escolherem.

Mas os pneus super macios de banda vermelha estão ausentes novamente, com a fabricante optando por pular direto para os pneus macios como seu composto “principal” para o evento.

Isso significa que os super macios não serão selecionados por cinco corridas consecutivas. Antes do GP da Inglaterra, eles estavam no cardápio em oito das nove primeiras corridas de 2018.

Por causa dos super macios serem omitidos, a Rússia será a quarta corrida consecutiva a ter pneus ‘não contínuos’, onde uma das séries de compostos consecutivos é omitida.

Os pilotos reagiram positivamente à decisão de fornecer uma diferença maior nos pneus disponíveis em um Grande Prêmio.

O precedente GP de Cingapura terá a mesma linha de pneus – hiper, ultra e macio – como a Rússia. As corridas antes disso na Alemanha e na Hungria dão um passo ao composto mais duro com o fornecimento de ultra, macio e médio.

Antes disso, apenas o GP da China tinha visto um alinhamento “quebrado” de compostos – que também foi a primeira vez que os super macios foram descartados.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.