F1 – Curiosidades sobre o GP de Mônaco

Mônaco

O GP de Mônaco é um verdadeiro clássico das corridas de Formula 1. Foi nesse pequeno Principado que a primeira corrida aconteceu, em 1929, quando ainda nem havia uma categoria definida para este tipo de competição (a Formula 1 como conhecemos só surgiu 21 anos depois). Se em 2018, Daniel Ricciardo foi o primeiro colocado do GP de Mônaco, correndo pelo equipe Red Bull Racing, o brasileiro Ayrton Senna foi o maior vencedor de todos os tempos no local, com 6 troféus.

Esse lugar tão charmoso, palco de um dos principais eventos esportivos do mundo, que tem várias outras curiosidades. Confira agora algumas histórias do GP de Mônaco:

Maiores vencedores de Mônaco

Ayrton Senna, considerado por muitos o maior piloto de todos os tempos, foi o que também mais venceu no circuito de Mônaco. Logo na sequência dele, com cinco Grande Prêmios cada um, temos Graham Hill e Michael Schumacher. Dos pilotos que estão atuando nessa temporada, Fernando Alonso, Lewis Hamilton e Sebastian Vettel venceram 2 GPs de Mônaco cada.

Cobrança para Mônaco?

Todos os países precisam pagar uma “taxa” para a realização da Formula 1 em seu território. O valor varia grandemente, mas Mônaco é conhecido por ser o local que menos paga. Por ter um peso histórico muito grande, o Principado paga uma quantia simbólica para continuar mantendo a corrida em seu calendário, que costuma combinar com o festival de Cannes, atraindo ainda mais turistas para o local.

Corrida dentro da cidade

O GP de Mônaco acontece nas ruas da cidade, diferente de outros países que contam com um espaço próprio para esse tipo de competição. Por isso, é possível assistir à corrida de diversos pontos, sendo um dos melhores a Casino Square, que como o nome sugere, reúne os melhores cassinos de Mônaco. Se você não puder ir até lá, saiba que a magia desse tipo de ambiente está disponível na internet, sendo que todos os jogos que você pode encontrar em um cassino online são os mesmos dos cassinos físicos. É uma boa opção enquanto você não compra sua passagem para Mônaco.

Circuito fechado

O circuito de Mônaco é conhecido também pelo seu alto grau de dificuldade. Os pilotos precisam ter muita experiência e precisão nas curvas para sobreviver à 78 voltas de 3.340 metros, sendo que os participantes chegam a fazer 5.000 trocas de marcha até a chegada. O piloto Nelson Piquet já declarou em entrevistas que Mônaco é tão fechado que é como se você andasse de bicicleta em uma sala de estar. Não parece muito fácil, não é mesmo?

As pessoas e os carros

Por ser um circuito de rua, os carros precisam passar muito próximo das pessoas. Os prédios, casas, hotéis e até barcos viram verdadeiras arquibancadas. A equipe de organização precisa ficar em locais pequenos nas ruas e os fotógrafos também se arriscam para ter a melhor foto na hora que o carro passar.

Sugestão de mudanças

Embora muita gente considere o GP de Mônaco uma das corridas mais importantes do ano, os pilotos dão sinais de cansaço. Nesse ano, após a corrida, Fernando Alonso declarou que tinha sido a “prova mais chata” até o momento. Lewis Hamilton chegou a sugerir mudanças, como a inclusão de mais um pit stop e a alteração no traçado. Será que alguma coisa vai mudar ou continua no bom e velho clássico?

Sem dúvidas, o GP de Mônaco tem o seu charme. Seja pela beleza do Principado, o circuito fechado ou as voltas com entradas e saídas de túnel, a verdade é que é difícil imaginar a Formula 1 sem Mônaco. Agora é aguardar pela próxima corrida no local e torcer pelo seu piloto favorito!

AS - www.autoracing.com.br

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.