Wurz: GPDA vai sugerir mudanças se os dirigentes da F1 escutarem

Pilotos da Fórmula 1

Pilotos da Fórmula 1

A Associação dos Pilotos da Fórmula 1 (GPDA) diz que vai apresentar sugestões para ajudar a resolver os problemas da categoria se acreditar que as pessoas que estão no poder vão escutar.

Na semana passada, a GPDA divulgou uma carta aberta criticando o governo da F1 e o caminho que está sendo seguido, mas Bernie Ecclestone sugeriu que eles deveriam “pensar e voltar a discutir isso” ao invés de simplesmente apontar o que está errado.

Quando lhe perguntaram por que os pilotos não apresentaram nenhuma sugestão, Alex Wurz, presidente da GPDA, disse ao site Autosport: “A menos que as pessoas no poder reconheçam que a crise está colocando o esporte e também os negócios em risco, tememos que até mesmo a melhor das sugestões ficará presa na situação de impasse”.

“São os líderes e/ou os proprietários que precisam rever e reestruturar. Certamente, se for consultada, a GPDA será útil no processo de reestruturação com a mais pura das intenções, colocar o esporte em primeiro lugar”.

Wurz também desmentiu as teorias de que os pilotos tiveram motivos políticos quando divulgaram sua declaração.

“Os pilotos fizeram algo muito importante, que é simplesmente pedir para os líderes tirarem a categoria desta crise”, declarou ele. “Não estamos querendo os empregos deles, a GPDA não tem nenhum motivo ulterior. Nós simplesmente queremos que a F1 seja a elite e incrível em todos os aspectos”.

Ecclestone questionou se a declaração da GPDA tinha um “erro de impressão” quando afirmou que todos agem com as melhores intenções, sugerindo que deveria ter dito “suas melhores intenções”. Wurz sente que os comentários de Ecclestone destacam os problemas que os pilotos querem ver resolvidos.

“Se ‘eles’ podem agir visando ‘seus’ melhores interesses e colocar a categoria em risco fazendo isso, não é esse o erro exato no sistema que a declaração dos pilotos aponta? É artificial, então vamos esperar que os líderes possam resolver isso. Temo que pensar o contrário é frustrante demais”.

“Bernie e Jean (Todt, presidente da FIA) sempre respondem educadamente às cartas dos pilotos, então nós tomamos conhecimento da resposta de Bernie e esperamos para ver se outras partes interessadas ou proprietários do grupo da F1 irão responder à declaração dos pilotos”.

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.