Wehrlein merece estar na Fórmula 1, diz Wolff

quarta-feira, 13 de dezembro de 2017 às 12:43

Pascal Wehrlein

O chefe da Mercedes, Toto Wolff, diz que é injusto Pascal Wehrlein estar a caminho do fim na categoria. O alemão perdeu o assento na Sauber depois do anúncio que o campeão da Fórmula 2 Charles Leclerc faria companhia à Marcus Ericsson pelo novo contrato de patrocínio com a Alfa Romeo em 2018.

Com a Williams pronta para Sergey Sirotkin para o próximo ano, as esperanças de Wehrlein de garantir um assento de corrida parecem diminuir. Wolff reconheceu que é uma pena que Wehrlein parece estar fora de questão para um assento de corrida, pois vê potencial nele e acredita que poderia ir longe.

“Pascal está em uma posição difícil porque não há realmente um lugar aberto para o próximo ano se a porta da Williams fechar”, disse Wolff à Autosport. “Ele merece estar na Fórmula 1, ele é um bom piloto”.

“Na pista, seu desempenho foi excepcional, e por muitas outras razões que vão muito além da direção, as portas não abriram como gostaríamos. Mas acho que ele tem o potencial de ser um piloto de Fórmula 1 bem-sucedido”.

O programa de jovens pilotos da Mercedes, que contempla Wehrlein, também tem Esteban Ocon, que teve um ano bem sucedido com a Force India e George Russell, que se tornou o campeão da GP3 em 2017. Wolff admite que esteja feliz com a forma como os juniores fizeram esta temporada.

“Estou feliz com o programa, como está indo e quem sabe, talvez em dois ou três anos, teremos o próximo piloto júnior em um Mercedes que fez o seu caminho pela Fórmula 4, Fórmula Renault como George ou Esteban fizeram”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.