WEC – Toyotas dominam; Senna leva carro à segunda fila em Spa

Bruno Senna

Bruno Senna brilhou no treino classificatório que definiu a ordem de largada das 6 Horas de Spa, abertura da supertemporada do WEC – Campeonato Mundial de Endurance que só será concluída com as 24 Horas de Le Mans de 2019. Junto com o suíço Neel Jani, que forma o trio do Oreca-Gibson nº 1 da Rebellion Racing ao lado do alemão Andre Lotterer, Bruno se colocou na terceira posição do grid da prova deste sábado, ficando atrás apenas dos carros oficiais de fábrica da Toyota. A largada está marcada para as 8h25, com transmissão ao vivo pelo Fox Sports 2.

O regulamento do WEC determina que dois pilotos por carro participem da tomada de tempos. O grid é determinado pela média da melhor volta de cada parceiro. Mesmo sendo o segundo a entrar na pista e, portanto, com os pneus já usados, Bruno virou mais rápido que o parceiro, mas minimizou o feito. “O Jani andou uma volta inteira a 80 km/h por causa de uma bandeira amarela em todo o circuito e não pôde aquecer os pneus devidamente em seguida, quando também tinha combustível para somente uma tentativa. Nossos pneus foram para o forno depois do acidente com o Pietro Fittipaldi e isso me permitiu tirar mais do carro”, explicou.

Na avaliação de Bruno, o desfecho do qualifying atendeu quase plenamente às expectativas da equipe. “A Toyota fez o que se esperava dela. Não conseguimos alcançar 100% do nosso potencial, mas num qualifying assim, interrompido por bandeira vermelha, o resultado foi bom. E atingimos nosso objetivo, que era ficar à frente dos carros não híbridos. Amanhã será outro esquema, porque é uma corrida longa e que exigirá bastante confiabilidade. Hoje, por exemplo, várias equipes enfrentaram problemas”, lembrou.

A pole (1min54s679) ficou com o Toyota dividido pelo inglês Mike Conway, o japonês Kamui Kobayashi e o argentino Jose Maria Lopez, seguido pelo segundo carro da casa nipônica compartilhado pelo espanhol Fernando Alonso, o suíço Sébastien Buemi e o local Kamui Nakajima (1min55s143). A média de Bruno e Jani foi de 1min56s425.

Confira o grid:

Pos. Piloto Equipe Dif.
1 M.Conway, K.Kobayashi, J.M.Lopez Toyota Gazoo Racing 1m54.583s
2 S.Buemi, K.Nakajima, F.Alonso Toyota Gazoo Racing 0.379s
3 N.Jani, A.Lotterer, B.Senna Rebellion Racing 1.842s
4 M.Beche, T.Laurent, G.Menezes Rebellion Racing 2.409s
5 M.Aleshin, V.Petrov SMP Racing 3.664s
6 O.Webb, D.Kraihamer, T.Dillmann ByKOLLES Racing Team 4.114s
7 H.Hedman, B.Hanley, P.Fittipaldi DragonSpeed 4.575s
8 N.Lapierre, A.Negrao, P.Thiriet Signatech Alpine Matmut 7.822s
9 R.Rusinov, J-E.Vergne, A.Pizzitola G-Drive Racing 7.846s
10 H-Pin Tung, G.Aubry, S.Richelmi Jackie Chan DC Racing 8.241s
11 J.Jaafar, W.Tan, N.Jeffri Jackie Chan DC Racing 8.440s
12 R.Gonzalez, P.Maldonado, N.Berthon DragonSpeed 8.837s
13 F.Perrodo, M.Vaxiviere, L.Duval TDS Racing 10.120s
14 F.van Eerd, G.van der Garde, J.Lammers Racing Team Nederland 10.919s
15 E.Creed, R.Ricci, J.Canal Larbre Competition 11.156s

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.