WEC – Alonso e Rossi na Ferrari em Le Mans?

quinta-feira, 26 de dezembro de 2013 às 13:45

Alonso e Rossi

A novela se complica e só fica mais densa quando se trata do eventual retorno da Ferrari para Le Mans. Antonello Coletta, o chefe do programa de carros esportes da Ferrari, primeiro sugeriu que os novos regulamentos a serem implementadas pelo ACO poderiam ver a marca de Maranello competindo na classe LMP1. Suas suposições já foram reforçadas por Stefano Domenicali, chefe da equipe de F1 da Scuderia, e pelo presidente Luca di Montezemolo. E agora aparecem rumores sobre sua equipe de pilotos em potencial.

Boatos dizem que a Ferrari poderia enviar Valentino Rossi e Fernando Alonso para pilotarem o seu protótipo Le Mans em 2015 ou 2016. Os rumores foram levantados por twitter por Mark Webber, que recentemente deixou F1 para pilotar para a Porsche em Le Mans – e podem chegar a uma pura especulação, ou (como é frequentemente o caso) alguma brincadeira entre eles. De uma forma ou de outra, tanto Rossi e Alonso são várias vezes campeões mundiais em suas áreas, com fortes laços com Maranello e gostariam de fazer equipe formidável – especialmente se completando com o piloto de testes da Ferrari, Marc Gené, que venceu em Le Mans com Peugeot em 2009.

Embora a ligação com Rossi pareça ser a mais complicada, ela realmente faz mais sentido dentre todos. Com nada a provar sobre duas rodas, o sete vezes campeão de MotoGP tem falado em deixar a categoria. Ele testou carros da Ferrari F1 em várias ocasiões, e correu a Ferrari 458 Italia GT3 na Blancpain Endurance Series na temporada passada. A mudança seria mais difícil para Alonso que correu quase que exclusivamente em monopostos por toda a sua carreira, e que precisa ajustar este programa com seus compromissos de F1. Isto, supondo que ele não perderá a paciência correndo atrás de Sebastian Vettel e com seu parceiro Kimi Raikkonen.

Seja lá quem forem os pilotos, a entrada da Ferrari marcaria a primeira vez que um carro da marca iria competir na top classe em Le Mans desde a participação da 333 SP privada em meados dos anos 90, o primeiro esforço de fábrica desde a 312P na década de 70 e , se bem sucedida, seria a primeira Ferrari (ou da primeira equipe toda italiana) a vencer a corrida de resistência francesa desde meados dos anos 60.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.