Trulli diz que a F1 retrocedeu 20 anos

j_trulli.1Jarno Trulli acredita que a Fórmula 1 retrocedeu 20 anos, com muitas equipes considerando o apoio financeiro dos pilotos mais importante do que seu talento.

“Nos últimos anos, a Fórmula 1 deu uma reviravolta feia: contratos valem cada vez menos, a única coisa que interessa é a grande quantidade de dinheiro trazida por vários pilotos ‘pequenos'”, declarou Trulli ao Gazzetta dello Sport.

“Apenas quatro equipes podem garantir pilotos excelentes; quanto ao resto, o nível está extremamente pobre. Quando eu comecei, havia muita qualidade, porque várias montadoras queriam ter pilotos vencedores. Hoje em dia, os orçamentos de muitas equipes são formados pelo dinheiro trazido pelos pilotos”.

“A Lotus é a equipe mais séria entre as novatas, mas em caso de problemas financeiros, eles também precisariam encontrar dinheiro. Mesmo sendo tão séria, nossa organização é pequena, o departamento de marketing não é o que você encontraria em uma equipe de ponta, é difícil seguir em frente. A Fórmula 1 retrocedeu 20 anos: muitas equipes pequenas e poucas montadoras”.

Com o futuro de Vitantonio Liuzzi incerto, em meio às especulações de que a Force India poderia dispensá-lo, há uma chance de Trulli ser o único italiano no grid este ano. Ele acha que isso seria ruim para seu país – mas culpa a economia do país e o fato da Ferrari ser dominante na mente das pessoas.

“A CSAI (Comissão Italiana de Esportes a Motor) não pode fazer muito. Os problemas se devem principalmente à economia, à nossa mentalidade e à Ferrari. Os italianos só se importam com a Ferrari. Fora da Itália, os pilotos encontram patrocínio em seus países – (Vitaly) Petrov é o exemplo mais recente – enquanto, na Itália, é uma dificuldade enorme”.

LS – www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.