Todt pediu para Ecclestone parar de criticar a F1 em público

segunda-feira, 29 de junho de 2015 às 13:16

Bernie Ecclestone e Jean Todt

O presidente da FIA, Jean Todt, pediu para Bernie Ecclestone não criticar em público os vários aspectos da Fórmula 1.

Ecclestone nunca foi de esconder seus pontos de vista, em particular no que diz respeito às unidades de potência V6 – que recentemente descreveu como “um produto de m***a”.

Todt acha que se Ecclestone tem alguma queixa, então elas devem ser ditas em particular, para que a FIA possa tentar trabalhar com ele nas soluções.

Perguntado sobre Ecclestone e a F1, Todt disse: “É uma questão sensível porque – e sou profundamente sincero sobre isso – Bernie tem feito um trabalho excelente. Se olhar a F1 há 50 anos, e se você ver agora, eu tenho que admirá-lo”.

Embora os papéis de Todt e Ecclestone sejam muito diferentes, isto nunca impediu o último de interferir na jurisdição do primeiro.

Todt pode apreciar isto enquanto a abordagem de Ecclestone for positiva

“Eu conheço Bernie muito bem”, disse ele. “Eu sei que ele pode dizer que eu sou o seu melhor amigo, e cinco minutos mais tarde falar para outra pessoa que sou o pior idiota que conheceu na vida. Eu vivo com isso”.

“A única coisa é que não vou entrar nisso, porque dará alguma coisa para o esporte? Será que fará alguma coisa? Isto só cria alguma fofoca desnecessária”.

“Não tenho nenhum problema com ele ficando mais envolvido, se está trazendo algo importante. Se não for construtivo, não deve trazê-lo”.

“Mas é o estilo dele. Eu pretendo mudá-lo? Eu não pretendo fazer isto”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.