Todt: Lauda apoia regra de pontuação dupla

sexta-feira, 27 de dezembro de 2013 às 13:14

Niki Lauda e Jean Todt

Conteúdo patrocinado por: selopatrocinio

Nem todo mundo na Formula 1 se opõe à inovação da pontuação dupla na categoria.

Na verdade, até mesmo o atual presidente da FIA não tem certeza sobre todo este falatório, assim como a especulação de que a regra poderia até ser revogada.

“Bem, muito foi dito, mas na verdade não é uma mudança tão dramática”, disse Jean Todt.

“Para mim, a introdução do novo motor de 1.6 l. com uma redução de 40 por cento de combustível é muito mais importante. E a nossa prioridade é a redução de custos”.

“Eu acho que a mudança de pontuação numa corrida não é uma revolução”, o francês insistiu. “É uma pequena mudança e nada mais”.

E a poderosa dupla da Mercedes, o diretor Niki Lauda e o chefe esportivo Toto Wolff, não se opõem à regra que pretende manter viva a luta pelo título até a última corrida em Abu Dhabi.

O tricampeão mundial Lauda ainda disse que apoia a ideia de Bernie Ecclestone para expandir os pontos em dobro para além da última prova de 2014.

“Mais pontos em dobro deveriam ser dados no último terço da temporada”, disse ele.

Wolff concordou: “Uma distribuição maior de pontos por regiões ou continentes faria sentido”.

Enquanto isso, Wolff revelou que Lewis Hamilton pediu à FIA para correr com seu número da sorte 44 para o resto de sua carreira na Fórmula 1.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.