Sergio Perez receava sair da F1

quinta-feira, 19 de dezembro de 2013 às 13:12

Sergio Perez

Sergio Perez admite que não estava seguro de pilotar para a Force India em 2014 e que poderia ser forçado a sair da F1.

O mexicano ficou sem um assento após a McLaren decidir substituí-lo pelo campeão da Formula Renault 3.5 Kevin Magnussen no fim desta temporada.

Com Perez não estando disposto a pilotar para uma equipe de final de grid, o acordo de última hora com a Force India significava que poderia permanecer na F1 por outro ano.

“Eu estava perto de abandonar a F1 porque a decisão da McLaren veio muito tarde, e eu não queria ficar numa equipe pequena”, disse Perez.

“Eu estava muito ansioso e querendo me consolidar na F1. Eu pensava sempre que se não conseguir pilotar para a Force India, seria muito difícil permanecer na F1. Por sorte consegui o que queria, agora é olhar para frente e para o futuro”.

Perez, que será parceiro de Nico Hulkenberg na Force India no próximo ano, tem um claro objetivo de provar que pode brilhar numa equipe de ponta depois de uma temporada difícil com a McLaren.

Perguntado sobre suas metas para 2014, ele disse: “É claro, me por à prova para as grandes equipes novamente. Eu fiz isto no ano passado, então não vejo nenhuma razão para não fazer de novo. Eu estou confiante no meu talento e sei o que posso fazer”.

Apesar do mexicano admitir que foi difícil ser deixado sem um lugar na McLaren, ele espera que a mudança será eventualmente para o melhor.

“Nós nunca sabemos o que o futuro nos traz, especialmente na F1, então o que espero é olhar para trás daqui alguns anos e dizer que foi a melhor coisa que poderia ter acontecido para a minha carreira”, ele completou.

“Tenho esperança que juntar à Force India será realmente bom para minha carreira na F1. Obviamente tenho grandes objetivos e sonhos, e eu quero fazê-los acontecer”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.