Plano da F1 para 2017 está “errado”, segundo a Mercedes

Aldo Costa

A grande revolução nas regras da Fórmula 1 para 2017 é “errada para o espetáculo” e só tornará as ultrapassagens mais difíceis, de acordo com Aldo Costa, diretor de engenharia da Mercedes.

“Combinar os programas de 2016 e 2017 será muito difícil para a F1 em geral”, declarou Costa ao site Autosport. “Temos essas regras novas, mas há várias coisas nelas que são erradas para o espetáculo, em nossa opinião, e precisamos dizer isso”.

“Como engenheiros, sentimos que fizemos bastante para o carro ser capaz de ultrapassar, com as regras anteriores e atuais. Um carro com uma quantidade enorme de downforce e um formato aerodinâmico complexo tornará as ultrapassagens mais difíceis, em nossa opinião. É o nosso medo neste momento”.

“Não podemos demonstrar, mas estamos expressando isso nas reuniões técnicas com a FIA e os engenheiros de outras equipes. Portanto, essa é a discussão. Qual é a melhor mudança de regra a fim de melhorar as ultrapassagens, mas cumprindo a meta de termos carros mais velozes?”

“Nós acreditamos que deveríamos favorecer a melhoria da aderência mecânica mais do que um puro exercício aerodinâmico. A discussão com a FIA ainda está aberta, em andamento. Existem possibilidades de expressar opiniões e discuti-las”.

Apesar das dificuldades que os programas conjuntos provocam, Costa sente que isso dá à Mercedes uma oportunidade de demonstrar novamente sua superioridade técnica.

“Além de 2017, também temos o carro do próximo ano, então outro esforço enorme é exigido do ponto de vista organizacional”, disse Costa. “Queremos vencer no próximo ano, mas também sonhamos em vencer após uma grande mudança nas regras”.

“Isso seria fantástico para nós como uma organização. Uma demonstração de engenharia realmente forte. Portanto, estamos gerenciando esta fase complexa com pessoas dedicadas, um programa dedicado e muito cautelosamente no que diz respeito aos recursos”.

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.