Pilotos e empresários desistem da Fórmula 1, diz Johansson

quarta-feira, 30 de dezembro de 2015 às 10:05

Stefan Johansson

Pilotos e empresários estão desistindo do sonho da Fórmula 1, alertou Stefan Johansson.

O sueco correu na década de 80 para a Ferrari e McLaren, mas hoje está envolvido na gestão da carreira de Felix Rosenqvist, que testou um carro da GP2 em Abu Dhabi recentemente, mas o veterano Johansson revelou que ele não ficou impressionado com a categoria.

O maior problema, segundo ele, é que – assim como na F1 – os pneus degradam muito rapidamente.

“Então, todos esses jovens pilotos que precisam de tempo de assento tanto quanto puderem e precisam se aprimorar correndo duro e no limite do início ao fim, estão, basicamente, rodando na pista”, disse Johansson.

“Eu falei com alguns pilotos da GP2 e todos concordam. Um deles tem 20 anos e é muito promissor e me disse que fica sentado ali, no meio de uma corrida, perguntando a si mesmo se isso é realmente o que esperava fazer quando se tornou um piloto profissional – rodar a 80 por cento apenas para chegar ao final da corrida”.

“É um grande dilema”, disse ele. “Conversei com vários empresários em Abu Dhabi e parece que o consenso geral é que a maioria deles tem na verdade desistido da ideia de levar seus pilotos por todo o caminho para a F1”.

“Em vez disso as pessoas estão começando a se concentrar na DTM e na WEC como rotas alternativas para uma carreira como piloto profissional. É uma situação triste quando até mesmo as pessoas na F1 admitem que os melhores pilotos não têm uma chance de dirigir um carro de F1 , ou muito menos correr com um”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.