Não há soluções imediatas para a Fórmula 1, diz Brawn

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017 às 11:59
Ross Brawn

Ross Brawn

Ross Brawn diz que a complexidade da Fórmula 1 nega à Liberty Media a chance de soluções rápidas e qualquer alteração na categoria, que tem critérios rígidos para atender.

Brawn foi contratado pela Liberty Media para supervisionar o lado esportivo da gestão de F1 com o novo CEO Chase Carey após a saída de Bernie Ecclestone no mês passado.

O britânico elaborou uma série de questões para abordar em sua nova posição – inclusive revisitando o limite de orçamento e avaliando ‘qualidade e não quantidade’ no calendário de F1 – mas descartou quaisquer correções imediatas para os pontos-chave.

“Há algumas questões claras, mas as soluções vão levar algum tempo”, disse Brawn à BBC. “Queremos nos concentrar em fazer o show e o entretenimento tão bons quanto possível”.

“Cada decisão terá de atender alguns quesitos e esses serão: ‘Isso faz a categoria melhor? Isso a torna mais divertida? Isso a torna mais econômica?'”

“Você não pode mudar uma categoria tão complexa como a F1 da noite para o dia, mas a mensagem é que estamos lutando para tornar a categoria tão divertida e tão viável quanto possível. Espero que com a pressão contínua que podemos aplicar, podemos levar a categoria para um lugar melhor”.

Brawn e Liberty Media estarão assistindo os testes de pré-temporada e a corrida de abertura na Austrália com um grande interesse em ver como as regras técnicas de 2017 impactam a F1, com recentes temores de uma queda em corridas emocionantes sendo destacados.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.