MotoGP – Lorenzo: Marquez é franco favorito para vencer em 2014

quarta-feira, 19 de março de 2014 às 12:40

Jorge Lorenzo

Jorge Lorenzo considera seu o arquirrival Marc Marquez como franco favorito para o título da MotoGP de 2014.

O piloto da Honda Marquez venceu Lorenzo da Yamaha por apenas quatro pontos no final da épica batalha pelo campeonato no ano passado.

“Este campeonato vai ser ainda mais apertado do que na temporada passada”, disse Lorenzo, quando sua equipe Yamaha anunciou um novo acordo de patrocínio título com a Movistar no Qatar na quarta-feira.

“No início, Marquez começa como o piloto favorito. Depois eu acho que Dani Pedrosa ou eu estaremos numa boa posição, mas também Valentino Rossi, que está ainda com mais fome do que em 2013”.

Embora Marquez ainda esteja se recuperando de uma perna quebrada no mês passado, Lorenzo não acha que isso vai segurá-lo significativamente.

“Conhecendo o ritmo de Marc devemos esperar antes de dizer qualquer coisa sobre isso”, disse o campeão de 2010 e 2012. “Ele é muito forte e rápido. Talvez não vá começar num nível perfeito, mas tenho certeza que vai estar perto de 100 por cento”.

Lorenzo ficou frustrado em várias ocasiões durante o inverno, inicialmente quando a Yamaha se esforçou para adaptar os seus equipamentos eletrônicos para o limite de 20 kg de combustível por corrida para as motos de Fábrica e depois quando os novos pneus da Bridgestone se revelaram menos compatíveis com a M1 do que com a Honda.

Mas disse que estes dois problemas parecem ter sido resolvidos.

“Eu começo em uma posição muito boa, cheio de energia positiva e otimismo”, Lorenzo insistiu. “A moto com as novas mudanças está funcionando muito bem e resolvemos o pequeno problema do motor, ajustando os eletrônicos a fim de diminuir o comportamento agressivo nas largadas. Como fomos capazes de melhorar o nosso desempenho em Phillip Island com os novos pneus, eu me sinto bastante confiante para a primeira corrida”.

Ele também acredita que os problemas físicos que o afetaram nos testes após a cirurgia também foram contornados. Lorenzo precisou de várias operações no período fora de temporada para corrigir lesões que atrapalharam sua disputa pelo título de 2013.

“Eu fiz três cirurgias durante o inverno para tirar algumas placas e peças de metal da clavícula e na mão, assim voltei a ficar em forma um pouco tarde”, disse ele.

“No geral, me sinto quase 100 por cento e acho que no Qatar não terei problemas para forçar ao máximo”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.