Menores diferenças na história da MotoGP

terça-feira, 7 de agosto de 2018 às 12:41

Andrea Dovizioso, Jorge Lorenzo e Marc Marquez

Andrea Dovizioso, Jorge Lorenzo e Marc Marquez cruzaram a linha de chegada com 0,368s em Brno, mas quais são as sete corridas que tiveram a menor diferença dos três primeiros?

O GP da República Checa de 2018 se destacou nos livros de história depois que Dovizioso, Lorenzo e Marquez cruzaram a linha de chegada a 0,368s – a terceira diferença mais apertada entre os três primeiros na era da MotoGP e a oitava quando inclui as corridas de 500cc.

Então, quais são os pódios mais apertados na categoria rainha?

1 – O melhor resultado na história da categoria rainha foi testemunhado no GP da Austrália de 1999. Tadayuki Okada bateu Max Biaggi e Regis Laconi na chegada, com o trio dividido por apenas 0,124 segundos.

2 – O segundo da lista é o GP de Portugal de 2006, palco da famosa vitória de Toni Elias sobre Valentino Rossi por 0,002 segundos, com Kenny Roberts em terceiro, 0,176 atrás. Colin Edwards foi o espectador privilegiado naquele dia em quarto e, apesar de derrotado, o companheiro de equipe Rossi levaria uma vantagem de oito pontos para o grande confronto final de Valência com Nicky Hayden.

3 – Depois, há o GP do Brasil de 1999, vencido por Norick Abe. O piloto japonês conseguiu bater o piloto da Yamaha, Max Biaggi, naquele dia, com Kenny Roberts também no pódio – a 0,257 segundos da vitória. Alex Criville levaria o título depois de terminar em sexto.

4 – O quarto lugar do ranking é o GP da Alemanha de 2006. A partir da décima posição do grid, Valentino Rossi fez logo o seu caminho para a frente, mas a sua tentativa de fuga não deu em nada. Naquele dia, o compatriota Marco Melandri e o rival Nicky Hayden terminariam no pódio atrás do ‘Doutor’, os três divididos por 0,266 segundos.

5 – O GP do Japão em Suzuka em 1993 viu Wayne Rainey triunfar sobre seu grande rival Kevin Schwantz por 0,086 segundo, com Darryl Beattie em terceiro na bandeira quadriculada – 0,287 atrás de Rainey.

6 – Phillip Island sediou a última rodada do Campeonato Mundial de 2000, e que final foi. Max Biaggi foi o vencedor, 0,182 à frente do segundo colocado Loris Capirossi e 0,288 à frente do terceiro classificado, Valentino Rossi.

7 – 1991 em Suzuka viu Kevin Schwantz ter uma largada perfeita, derrotando Mick Doohan e Wayne Rainey pela vitória, com o americano 0,353s em terceiro.

Quer concorrer a uma réplica do capacete do Ayrton Senna? Clique AQUI e palpite sobre quem vai vencer o GP da Áustria da MotoGP!

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.