Mario Andretti: Haas irá aumentar o interesse dos EUA na Fórmula 1

segunda-feira, 17 de agosto de 2015 às 15:13

Bandeira dos EUA

Mario Andretti espera que a planejada chegada da equipe Haas no grid na próxima temporada irá aumentar o interesse dos fãs no esporte nos Estados Unidos.

A F1 não correu nos EUA de 2008 a 2011, após a controvérsia da corrida de Indianápolis, mas retornou na temporada de 2012, no recém-construído Circuito das Américas.

Com a pista de Austin estável no calendário, Andretti sente que uma equipe americana, eventualmente com um piloto americano, vai impulsionar ainda mais a imagem da categoria.

“É emocionante ver alguma atividade neste aspecto”, disse Andretti. “A Haas sabe que tem uma curva de aprendizado bastante íngreme, e muito vai depender de quem são os seus talentos, como engenheiros e pilotos – que irão fazer a diferença”.

“Mas é muito bom ver o investimento dos EUA, porque simplesmente não existia. Especialmente agora, porque tem uma base sólida aqui com Austin, por isso seria bom ter representação, não apenas com uma equipe, mas também com um piloto”.

“Eu acho que terá um enorme interesse dos fãs, com audiência da TV e tudo mais”.

Andretti também apoiou a ideia de que o ex-piloto da Toro Rosso e atual piloto desenvolvimento da Ferrari Jean-Eric Vergne seria uma escolha apropriada para um dos dois assentos no próximo ano.

“Jean-Eric é definitivamente um grande talento, que foi potencialmente esquecido (pela Red Bull)”, acrescentou. “Ele tem experiência na F1, e certamente mostrou seus momentos de brilho na Toro Rosso, então para mim seria uma escolha lógica”.

“Neste momento, dos pilotos disponíveis, não acho que ninguém é melhor do que Jean-Eric.”

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.