Indy – Andy Granatelli morre aos 90 anos

segunda-feira, 30 de dezembro de 2013 às 13:36

Andy Granatelli e Art Pollard

Andy Granatelli, um dos mais respeitados donos de equipe da IndyCar, morreu ontem aos 90 anos de insuficiência cardíaca. Granatelli venceu as 500 Milhas de Indianápolis apenas uma vez, em 1969, com Mario Andretti, mas era uma das figuras mais famosas no paddock pelo espírito inovador, pela teimosia e pela máquina promocional que gerou com a ajuda da marca STP.

Granatelli começou a inscrever carros em Indianápolis em 1946, em associação com os seus irmãos Joe e Vince, começando com um modelo artesanal chamado Grancor Special. Nos anos 60, comprou os potentes, mas pouco confiáveis Novi, que se destacavam das máquinas com motor Offenhauser por terem compressor mecânico. Apesar de não conseguir vencer, ajudou a lançar a carreira de Bobby Unser nesta fase.

Sempre à procura de chamar a atenção, foi o primeiro a apostar na tecnologia de turbina, primeiro com o STP-Paxton Special (desenhado por Ken Wallis, com turbinas Pratt & Whitney) e depois com os Lotus 56, com o mesmo motor e quatro rodas motrizes. Com estes carros, quase venceu em 1967 com Parnelli Jones ao volante do STP-Paxton e em 1968 com Joe Leonard na Lotus. Em 1969, inscreveu as mais convencionais Lotus 63 (de volta ao Ford V8, mas ainda com tração integral), mas os carros deram problemas e ele os trocou pelos Hawk permitindo a Mario Andretti vencer a Indy 500 pela única vez.

Em 1973, Andy Granatelli fechou a sua equipe mas se manteve ligado à IndyCar como representante da STP e uma das mais famosas figuras do paddock, procurando sempre trazer mais público para a competição. Levando o apoio da STP para a equipe de Pat Patrick, venceu as provas de 1973 e 1982 com Gordon Johncock como patrocinador. Também foi Granatelli que iniciou a associação de Richard Petty à STP na NASCAR.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.