GP2 – Asfalto menos abrasivo anima Negrão na Bélgica

quinta-feira, 20 de agosto de 2015 às 16:32

André Negrão

O asfalto pouco abrasivo com os pneus do circuito de Spa é a esperança de André Negrão para um desempenho superior ao das últimas etapas da GP2. Os carros da equipe Arden vêm sofrendo com um acentuado desgaste de pneus, especialmente na parte final das provas.

O GP da Bélgica marca o início da segunda metade das 11 etapas e renova as esperanças do brasileiro em voltar à zona de pontos. Os treinos livres e classificatórios serão realizados amanhã, com expectativa de tempo firme ao longo dos três dias da programação.

Spa-Francorchamps é o traçado mais longo do campeonato, com pouco mais de sete quilômetros de comprimento. O grande número de curvas, grande parte delas de alta velocidade, faz de cada volta um enorme desafio para os pilotos.

Os compostos de pneus serão os duros e macios, e ambas as versões terão obrigatoriamente de serem usadas na corrida mais longa do sábado.

Além do asfalto mais amistoso, os longos trechos de reta de Spa, permitindo a refrigeração dos pneus, devem contribuir para diminuir o desgaste da borracha.

Restando ainda cinco rodadas duplas, o belga Stoffel Vandoorne – que correrá diante de seu público – lidera a classificação com folga. Soma 194 pontos, contra 109 do indonésio Rio Haryanto e 105 do norte-americano Alexander Rossi.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.