Governo britânico recusou exceção para a F1, segundo relato

GP da Inglaterra

O GP da Inglaterra está em risco. O calendário provisório tinha duas corridas em Silverstone, mas o esquema de quarentena do governo pode atrapalhar os planos.

Na Inglaterra, a regra atual força viajantes de outros países a ficarem em quarentena por uma quinzena.

Isso praticamente descarta uma ida do circo da Fórmula 1 para o país após o GP da Áustria porque haveria uma nova interrupção de pelo menos duas semanas – algo inaceitável considerando o desejo de realizar o maior número possível de corridas neste ano.

“O período de quarentena de 14 dias torna impossível organizar um GP da Inglaterra em 2020. Isso tem um impacto enorme sobre a F1, e se nós quisermos levar o esporte de volta à televisão, deve haver exceções”, disse um porta-voz da categoria à ESPN.

De acordo com o jornal The Sun, essa exceção não foi concedida à F1 e o governo rejeitou a proposta apresentada ao primeiro-ministro Boris Johnson.

Ainda não se sabe se essa posição é definitiva, mas se realmente for o caso, não haverá GP da Inglaterra em 2020.

Clique AQUI para fazer suas apostas esportivas

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.