Fórmula 1 precisa de uma repetição, mas não igual à Austrália

quarta-feira, 4 de abril de 2018 às 12:20

Ferrari no GP do Bahrain em 2017

Após o marasmo que foi o GP da Austrália, a Fórmula 1 se dirige ao Bahrain, precisando repetir o thriller de 2017 – embora desta vez a Mercedes queira um resultado diferente.

A F1 não se cobriu de glória há duas semanas, quando a temporada de 2018 começou em Melbourne. A corrida viu apenas cinco ultrapassagens após a volta de abertura, apesar da FIA ter acrescentado uma terceira zona de DRS.

Os três principais pontos de discussão em poucas palavras: Lewis Hamilton foi forçado a recuar em vez de lutar pela vitória, a fim de salvar o primeiro de seus três motores livres de penalidade; Sebastian Vettel teve sorte na vitória com um carro de segurança virtual; e ambos os carros da Haas abandonaram devido a problemas nos pitstops.

Pelo lado positivo, e há sempre uma vantagem, alguém além de Hamilton está liderando o campeonato, o que significa que ainda podemos ter uma batalha apropriada em nossas mãos nesta temporada, enquanto a Haas estava correndo entre os seis primeiros quando abandonaram; A Force India não conseguiu marcar pela primeira vez em Melbourne desde 2009, mas a McLaren e a Renault o fizeram – e com ambos os carros – insinuando uma batalha no meio-campo muito disputada.

Mas ainda assim foi uma corrida chata com Max Verstappen dizendo que ele teria desligado a TV se estivesse assistindo em casa. Como tal, é bom que a próxima parada da Fórmula 1 seja no Bahrain, dada a corrida cheia de ação do ano passado, que foi um suspense do começo ao fim.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.