Fiat vai ampliar vínculo com categorias de Felipe Massa

122901_167855_ch1_9651_web_A Fiat vai ampliar por mais duas temporadas o contrato com o Trofeo Linea e a Fórmula Futuro, categorias introduzidas no Brasil no ano passado por Felipe Massa. A extensão do compromisso originalmente fixado até 2012 foi anunciada nesta terça-feira por Ricardo Dilser, assessor técnico da montadora, durante a apresentação das novidades do Racing Festival para os campeonatos que se iniciam de 6 a 8 de maio em Interlagos. “Um novo vínculo deverá ser assinado em agosto”, adiantou. Dilser informou ainda que os atuais carros do Trofeo Linea – baseados no modelo de série – deverão ser substituídos em 2013 por um projeto de chassi tubular atualmente em estudos.

Dilser esteve acompanhado pelos dirigentes da RM Racing Events, organizadora do Racing Festival, e do piloto Cacá Bueno, primeiro campeão do Trofeo Linea. Para satisfação de Carlinhos Romagnolli, Titonio Massa e Dudu Massa, Dilser afirmou que o Racing Festival é um evento consolidado dentro da Fiat. “Os resultados foram além de nossas expectativas em todas as áreas. O Racing Festival fez crescer o espírito de competição dentro da fábrica, a ponto de estudarmos a criação de um setor específico dentro da empresa”, justificou.

Animado com perspectivas de longo prazo da Fiat em relação ao Racing Festival, Romagnolli lembrou que todos os demais parceiros da estréia, como Banco Santander, Shell, Pirelli, Sundown e SporTv, foram mantidos. “O primeiro ano é realmente o mais difícil, mas podemos dizer que foi produtivo e nos deu as bases para os ajustes que estamos fazendo. Entre eles, o enxugamento da programação de domingo, porque as provas estavam começando às 9 horas e se prolongando quase até as cinco da tarde. Por isso, vamos antecipar uma corrida da Fórmula Futuro para sábado”, disse Romagnoll. Pelo acordo acertado com o SporTv, uma etapa de cada uma das séries automobilísticas será transmitida ao vivo aos domingos. Romagnolli disse que a organização pretende reforçar todas as áreas do evento, com ênfase na divulgação. Do pacote de mídia formatado para 2011 consta até a exibição de programas especiais para mais de 150 países via TV Record Internacional e a transmissão online de todo o evento pela Internet pelo site www.speedtv.com.br.

O movimento ascendente da Fórmula Futuro foi comemorado por Titonio Massa. A implantação da categoria-escola foi a principal motivação de Felipe Massa para a criação do evento. Em 2010, com uma conjuntura desfavorável atravessada pelo kartismo – imaginada como a fornecedora natural de talentos para a modalidade -, o grid médio variou de oito a nove carros. “Já temos 13 pilotos assinados e estamos negociando com mais três. E o melhor de tudo é que o orçamento caiu de R$ 280 mil para R$ 200 mil. Nunca vi uma categoria em crescimento reduzir custos”, brincou. Dudu Massa, irmão mais novo do ferrarista, lembrou que a Fórmula Futuro está alcançando o perfil de participantes que desejava logo na segunda temporada. “A média de idade cairá acentuadamente, porque 11 pilotos são novatos e praticamente todos estão saindo do kart.” A RM Racing Events está apoiando o kart nacional e subsidiando os destaques do campeonato brasileiro de 2010 na divisão graduados com subsídios que variam de 70% a 30%.

Cacá disse que o Trofeo Linea caiu nas graças dos pilotos porque preencheu um vácuo no automobilismo brasileiro. “É uma categoria com custo menor no qual você pode ver o pessoal que corria nos campeonatos regionais com tração dianteira enfrentando pilotos consagrados como estes que estão aqui”, disse, apontando para Christian Fittipaldi e Giuliano Losacco. Cacá conquistou o título apenas na última corrida das seis rodadas duplas – o número se manterá neste ano – e não tem dúvidas de que as dificuldades agora serão as mesmas. “O carro já mostrou ao que veio e vamos ter novamente belas disputas nas pistas.”

Christian aproveitou a oportunidade para confirmar que o sul-matogrossense Hoover Orsi, campeão sul-americano de Fórmula 3 e da Fórmula Atlantic nos EUA, será seu companheiro de equipe na Fittipaldi Racing. Hoover foi um dos grandes rivais de Cacá na Stock Car. “Fui eu quem o levei para correr na Grand-Am nos Estados Unidos e será uma honra estar ao lado dele no Trofeo Linea. Espero que nossa parceria seja forte o bastante para brigar com as equipes como as do Cacá e do Losacco”, afirmou. Losacco seguirá na Pater Racing e uma vez mais correrá ao lado do mineiro Clemente Faria.

O calendário será aberto em São Paulo e o autódromo paulistano voltará a sediar uma etapa em agosto. “São Paulo é a praça mais importante do país. Além de garantir visibilidade maior para o evento, é o local onde os patrocinadores preferem para desenvolver seus programas de relacionamento”, justificou Romagnolli, acrescentando que as áreas corporativas em Interlagos receberam 60% a mais de público que nas demais cidades em 2010.

O calendário do Racing Festival:

07-08/05 – Interlagos

11-12/06 – Brasília

16-17/07 – Londrina

13-14/08 – Interlagos

24-25/09 – Curitiba

29-30/10 – Velopark (RS)

FH – www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.