FE – Um passo rumo ao desconhecido

quinta-feira, 11 de setembro de 2014 às 13:30

Lucas di Grassi

Este fim de semana vai permanecer nos capítulos da história do automobilismo. Pela primeira vez, um ePrix terá lugar, na esperança de mudar o futuro da indústria do automóvel para sempre. Então o que as equipes esperam de Pequim?

O Circuito

Circuito de Pequim

A pista de 3,44 km será em torno do famoso estádio olímpico “Ninho de Pássaros” e terá 20 curvas, a maioria chicanes rápidas ou curvas de 90 graus. Na corrida de 25 voltas cada piloto usará dois carros elétricos Spark-Renault, construídos pela Spark Racing Technology e em colaboração com uma variedade de fabricantes, incluindo a McLaren, Williams e Dallara.

Tal como acontece com todas as pistas de rua, o circuito está cercado com muros e a pista em si vai ser muito ondulada, especialmente nas frenagens.

O circuito é praticamente o oposto de Donington Park, onde os testes de pré-temporada teve lugar, de modo que as equipes vão para a primeira rodada da temporada com poucos dados relevantes. Considerando que Donington é rápido e fluido, Pequim é muito mais técnico, com muitos pontos de frenagem, permitindo a bateria esfriar antes do piloto voltar a acelerar novamente. Como resultado, terão menos problemas de superaquecimento em comparação com Donington, onde os pilotos davam 2 ou 3 voltas rápidas com uma lenta para esfriar a bateria.

 

O Tempo

A temperatura do ar deve estar em 20 graus na média durante todo o dia e a chance de chuva é mínima. A cobertura de nuvens pode causar alguns problemas com a temperatura da pista e, consequentemente, o aquecimento dos pneus. Como todo o evento decorre durante um dia, as variações de temperatura da pista durante todo o evento darão aos engenheiros e pilotos algo para pensar.

O Dia da Corrida

Haverá duas sessões de treinos no início do dia, dando aos fãs uma grande oportunidade para ver os pilotos explorarem o limite nessa nova pista. A classificação ocorrerá no formato de quatro grupos de cinco carros. Cada grupo terá 10 minutos para marcar um tempo. Os pilotos só poderão usar um carro durante a sessão, mas poderão usar a plena potência (200kw/270bhp) durante toda a classificação. Durante o ePrix, os pilotos estarão restritos a 150kw de potência, porém um piloto com FanBoost terá temporariamente um aumento de potência de 180kw por 5 segundos. Os fãs no evento também terão uma variedade de entretenimento, atrações e música ao vivo.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.