F1 – Wolff nega que a Mercedes tenha feito um pitstop “fantasma”

segunda-feira, 3 de setembro de 2018 às 13:36

Ferrari e Mercedes

Toto Wolff negou que a Mercedes tenha feito um “pitstop fantasma” quando Kimi Raikkonen parou para troca no GP da Itália.

A equipe de boxes da Mercedes apareceu pronta para receber um de seus carros quando a Ferrari parou o líder da corrida no final da volta 20, forçando Raikkonen a contornar ao redor deles a caminho de seu boxe. Apesar de se preparar para uma parada, nenhum Mercedes iria parar até o final da volta 27.

Com os regulamentos da FIA proibindo as equipes de fingir pit stops deliberadamente para enganar os rivais, o chefe da equipe Mercedes, Toto Wolff, disse que a equipe estava apenas se preparando para o pit no caso de Raikkonen ficar de fora.

“No que você chama de ‘pitstop fantasma’, não foi fantasma”, diz Wolff. “Estávamos preparados para fazer o oposto [à Ferrari]. Se Kimi não tivesse parado, nós teríamos. É como estávamos preparados”.

Quer concorrer a uma réplica do capacete do Ayrton Senna? Clique AQUI e palpite sobre quem vai vencer a etapa de Cascavel da Stock Car!

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.