F1 – Wolff: Falha de software custou a vitória de Hamilton

domingo, 25 de março de 2018 às 8:24

Lewis Hamilton e Sebastian Vettel

Uma falha de software. É o que a Mercedes diz ter custado a vitória de Lewis Hamilton – e permitiu que Sebastian Vettel capitalizasse – na corrida de abertura da temporada na Austrália.

Depois de liderar largando da pole e controlar as etapas de abertura da corrida, Hamilton estava pronto para recuperar a ponta de Vettel durante o pit-stop, quando o Virtual Safety Car [VSC] foi lançado para retirar o Haas de Romain Grosjean.

Foi nesse ponto que a corrida virou de cabeça para baixo, já que Vettel – para a frustração e irritação de Hamilton – foi capaz de voltar e ficar à frente do britânico.

Hamilton imediatamente perguntou a sua equipe se ele havia cometido um erro por não ter atingido a volta no tempo que Mercedes havia dado a ele. Mas Toto Wolff, admitiu mais tarde que o software que a equipe usou por cinco anos para simular tais cenários geraram números errados, deixando Hamilton em segundo lugar atrás da Ferrari de Vettel.

“Estávamos tentando construir uma brecha suficiente para [Kimi] Raikkonen evitar o undercut e ter espaço suficiente para o Haas ter a diferença no Safety Car”, explicou Wolff.

“Tudo estava sob controle. Nós assumimos um pequeno risco de colocar Lewis com pneu macio para ir até o final, mas foi a única escolha para evitar Kimi nos passar. O ritmo era bom”.

“Então calculamos a diferença do VSC que era necessário [se um fosse ativado]. Nosso computador disse que 15 segundos era o tempo necessário para nos ultrapassar”.

“Os pilotos oscilam dentro de um segundo no delta. Então, de repente, as câmeras nos mostraram a saída dos boxes. Sebastian saiu na nossa frente. O software ou sistema que usamos há cinco anos nos deu o número errado”.

“Lewis não fez nada de errado. Foi um erro de software ou um algoritmo que estava simplesmente errado”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.