F1 – Wolff explica a penalidade mais longa de Rosberg

segunda-feira, 1 de agosto de 2016 às 12:18
Nico Rosberg e Max Verstappen

Nico Rosberg e Max Verstappen

Embora Nico Rosberg recebesse uma penalidade de tempo de cinco segundos no GP da Alemanha, um cronômetro quebrado na Mercedes o reteve por oito segundos.

Rosberg teve uma tarde para esquecer em Hockenheim quando uma largada ruim o fez cair para o quarto lugar, enquanto uma batalha com Max Verstappen lhe rendeu uma penalidade de tempo.

Os comissários decidiram que o piloto da Mercedes tinha “forçado o carro 33 para fora da pista na curva 6 e ganhou uma vantagem com isso”.

No entanto, os problemas de Rosberg foram agravados quando seus cinco segundos de penalidade duraram oito segundos.

Toto Wolff revelou que o cronômetro que a equipe estava usando não começou como devia.

“Mesmo em uma equipe de F1 com toda a alta tecnologia, se você começa a usar os instrumentos que geralmente não usa, como um cronômetro, eles podem falhar”, disse ele.

“O cronômetro não iniciou corretamente. Assim que percebemos que poderíamos libera-lo sem problemas, o fizemos e foi por isso que demorou mais tempo do que o normal”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.