F1 – Wolff e Horner acreditam em protestos na Austrália

quarta-feira, 1 de março de 2017 às 13:28
Christian Horner e Toto Wolff

Christian Horner e Toto Wolff

A Mercedes e Red Bull dizem que o risco das equipes rivais apresentarem um protesto em Melbourne ainda existe.

Isso vem apesar da FIA emitir um novo esclarecimento sobre supostamente ilegais sistemas de “suspensão ativa”, o que torna claro que qualquer efeito aerodinâmico tem que ser apenas incidental.

Uma fonte na Mercedes é citada pela Auto Motor und Sport: “Se (Maurizio) Arrivabene quer parecer um tolo, ele pode silenciosamente continuar a trabalhar nesta direção”.

E o chefe da equipe, Toto Wolff, disse: “Nosso sistema sempre foi legal, então esse esclarecimento não nos interessa”.

Acredita-se que o esclarecimento poderia realmente ter mais efeito na interpretação da Red Bull das regras, mas o chefe da equipe Christian Horner diz que o problema real é a redação da regra ser vaga.

“Gastamos muito dinheiro nessa área”, disse ele. “Os fãs não se beneficiam disso, porque eles não vêm nem entendem a tecnologia”.

No entanto, Horner admitiu que ainda existe uma ameaça de protesto.

“A FIA parece estar satisfeita com a maneira como interpretamos as regras, se alguém tem problemas com isso, ela tem o direito de protestar”, disse ele.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.