F1 – Wolff descarta “jogos políticos” para ajudar Hamilton

Wolff, Bottas e Hamilton

Lewis Hamilton tem uma chance matemática de bater alguns dos recordes de Michael Schumacher durante a temporada 2020 da Fórmula 1.

O britânico também poderá igualar o número de títulos de Schumacher se for campeão mundial pelo quarto ano consecutivo.

Entretanto, Toto Wolff afirma que as coisas não vão mudar na Mercedes e Hamilton não terá nenhuma vantagem sobre Valtteri Bottas dentro da equipe.

Hamilton está visando os sete campeonatos de Schumacher, mas ele pode bater mais recordes. O piloto da Mercedes precisa apenas de oito vitórias para superar o recorde de 91 do alemão.

Schumacher teve prioridade sobre seus companheiros durante seu período na Ferrari. Será interessante ver qual piloto a Scuderia promoverá neste ano, com um tetracampeão mundial ao lado de Charles Leclerc, que renovou com a equipe até 2024.

Com tudo isso acontecendo, Wolff confirmou que Bottas e Hamilton estarão livres para lutar sem nenhuma vantagem.

“Nós sempre fomos muito neutros com os pilotos e queremos lhes dar um material e oportunidades iguais. Ambos sabem disso. Não há segredos dentro da equipe nesse aspecto, nenhum jogo político é jogado”, disse Wolff à Sky Sports.

Clique AQUI para fazer suas apostas esportivas

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.