F1 – Williams vai fechar se não houver limite de orçamentos

quarta-feira, 18 de abril de 2018 às 12:28

Williams

A Liberty Media foi instada por uma das equipes mais antigas da categoria a não recuar dos planos de introduzir um teto orçamentário para a Fórmula 1 em 2021.

A vice-diretora da Williams, Claire Williams, elogiou as propostas dos detentores de direitos comerciais da F1, que incluem um teto de US$ 150 milhões para os orçamentos de 2021.

No entanto, em uma entrevista exclusiva para o site RaceFans após o anúncio, Williams revelou que alguns na F1 são fortemente contra a proposta e deixou claro o quão urgente ela acredita que a mudança é necessária.

“Se eu olhar da minha perspectiva, se não fizermos isso, a Williams fechará toda a empresa”, disse Williams.

Ela disse que a equipe estava “com sorte” e espera-se que o teto esteja num nível que signifique que a Williams não tenha que cortar seu orçamento.

“[No Bahrain] eu estava muito otimista, mas há algumas pessoas que são muito negativas sobre isso. Temos sorte de que isso funcione para nós, mas acho que isso provavelmente demonstra o fato de que nossa equipe, além de acompanhar o desempenho, é um bom modelo de como uma equipe de Fórmula 1 deve estar operando em nossa categoria”.

Embora seja provável que um limite orçamentário exija que equipes maiores reduzam seus números de funcionários, Williams apoia o plano.

“Eu não sei os números exatos e sim, é claro que será difícil para as equipes se reestruturarem e se reorganizarem, e sim, é claro que a ideia de alguém perder o emprego como resultado não é algo de que gostamos de qualquer maneira”.

“Dói-me dizer, mas às vezes você tem que olhar para o cenário maior por causa da categoria”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.