F1 – Williams não tinha opções para parar Vettel

domingo, 15 de março de 2015 às 8:18
f1-smedley-williams

Rob Smedley

Rob Smedley da Williams disse que não havia nada de diferente que a equipe poderia ter feito para vencer Sebastian Vettel no GP da Austrália.

Felipe Massa fez uma boa largada em terceiro e manteve a posição para o primeiro stint, mas não conseguia se livrar de Vettel, que nunca ficou além de um segundo atrás.

Massa foi aos boxes na volta 21, perdendo cerca de 1,5 s após sair atrás de Daniel Ricciardo, enquanto Vettel ficou na pista por mais quatro voltas para voltar à frente do brasileiro.

No entanto, Smedley disse que a Williams não teve outra opção senão fazer a parada de Massa naquele momento e acrescentou que a equipe se surpreendeu com o ritmo que Vettel mostrou quando estava com pista livre.

“Se você pode seguir um segundo atrás, então isso significa que tem um pouco de ritmo na mão”, disse Smedley. “A decisão para nós, então era somente uma”.

“Se ele conseguisse nos passar [parando primeiro], ele teria saído na frente e seria o fim da corrida para nós. Então, nossa única opção naquele momento era parar primeiro e tentar mantê-lo atrás – e faltou pouco para funcionar”.

“A única coisa lamentável era que ele tinha mais ritmo do que pensamos. Acho que ele avançou oito décimos em duas voltas, em comparação quando estava atrás de Felipe”.

“E Felipe perdeu 1,5 s tentando passar Ricciardo – estas duas coisas se voltaram contra nós e acabamos ficando atrás”.

“Nós tomamos uma decisão e não deu certo”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.