F1 – Williams chegou ao fundo do poço em 2018

segunda-feira, 31 de dezembro de 2018 às 9:44

Williams

A Williams chegou ao fundo do poço em termos de desempenho em 2018, de acordo com o diretor técnico da equipe, Paddy Lowe.

A Williams terminou em 10º no campeonato de construtores, o pior resultado de sua história, já que seu FW41 se mostrou fundamentalmente falho e seus jovens pilotos Lance Stroll e Sergey Sirotkin marcaram apenas sete pontos entre eles.

Esse resultado seguiu após quatro temporadas de finalização de pódios nas quais a equipe conseguiu terminar entre as cinco primeiras.

Lowe disse à Autosport: “Tem sido uma temporada muito difícil para a equipe, mas também para mim, pessoalmente, eu diria que foi um dos anos mais difíceis que eu tive na Fórmula 1”.

“Certamente no meio dela, quando diferentes pilotos começaram a apreciar o que estávamos fazendo, foi uma espécie de realização atrasada”.

“Esse foi um momento muito, muito difícil”.

“Mas do lado bom acho que encontramos o fundo do poço em termos de desempenho, pois descobrimos todo o lado ruim do carro”.

“Esse é realmente um processo saudável para a equipe passar a longo prazo”.

A Williams lançou um programa de recuperação no início de 2018, em uma tentativa de estabelecer o que deu errado com seu agressivo conceito de carro novo.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.