F1 – Whitmarsh: Chefe de equipe recuou em acordo para ter Magnussen

Kevin Magnussen

Um outro chefe de equipe voltou atrás em um acordo para assinar com Kevin Magnussen para 2014. Quem revela tal fato é Martin Whitmarsh, da McLaren, que acabou efetivando o jovem piloto dinamarquês e “liberando” o mexicano Sergio Perez, que teria mantido sua vaga nesse caso.

“Eu esperava e tentei encontrar um cockpit para ele (Magnussen)”, disse Whitmarsh ao site oficial da F1 no Brasil. “Eu mesmo fiz um acordo e apertei a mão de um chefe de equipe, mas ele recuou. Eu gostaria, mas não vou (revelar quem é)”.

“Mesmo depois de 25 anos, eu acho difícil lidar com essas coisas – eu sei que não deveria, mas ainda sou ingênuo. Eu ainda acho que se você olhar alguém nos olhos e apertar a sua mão, então isso é um negócio feito. No caso do Magnussen, eu fiquei chocado, mas digo a mim mesmo para aprender. Então, tendo que enfrentar essa situação, decidi: vamos efetivar o Kevin nós mesmos”, acrescentou o chefe da McLaren, que está feliz pelo fato da equipe dar chance a um jovem talento, como fez com Lewis Hamilton em 2007.

“Eu acho que a F1 precisa que estes jovens talentos comecem, mas o problema com o esporte no momento é que o dinheiro é mais importante para a maioria das equipes”, prosseguiu ele, que tentará encontrar uma vaga para outra promessa, Stoffel Vandoorne. “Se não encontrarmos um cockpit de F1 em outra equipe para Stoffel, provavelmente vamos colocá-lo na GP2”, concluiu.

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.