F1 – Whiting: Rodas da Mercedes ainda podem enfrentar protesto

quinta-feira, 1 de novembro de 2018 às 13:13

Rodas da Mercedes

Os polêmicos cubos de rodas traseiras da Mercedes poderiam estar sujeitos a protestos em corridas futuras, já que só foram declarados legais para o GP do México, confirmou o diretor de prova da FIA, Charlie Whiting.

A equipe apresentou o novo design do cubo de roda, mas optou por não usar as rodas no GP dos Estados Unidos, temendo um possível protesto da rival Ferrari. A disputa sobre a legalidade do projeto diz respeito aos furos na roda, chamados de “espaçadores”, que ajudam na extração de calor, mas poderiam ser considerados como fazendo da roda um dispositivo aerodinâmico móvel e ilegal.

No México, a equipe pediu aos comissários que confirmassem que seu projeto é legal. Foi aprovado, mas os comissários observaram que “nossa jurisdição se estende apenas a esse evento”.

Whiting confirmou que isso deixa a Mercedes aberta à ameaça de futuros protestos se eles usarem a roda novamente. No entanto, ele também indicou que a crença da Ferrari de que o design é ilegal indica que eles não entendem completamente como isso funciona.

“Eles não sabem exatamente o que a Mercedes fez. Então, esse é um problema para eles. Eles acham que, em princípio, é errado, embora eles provavelmente não saibam exatamente como isso funciona, mas sempre têm a opção de um protesto”.

Ele fez uma comparação com a temporada de 2009, quando as rivais da Brawn, Toyota e Williams protestaram contra o design de “duplo difusor”.

“Essa é toda a essência disso, se eu voltar aos difusores duplos, por exemplo, três equipes fizeram isso no início de 2009 e várias equipes protestaram, perderam, foram apelar e perderam. Esse é o processo normal. Então, depois disso, eles tiveram que começar a fazer eles mesmos. E isso é o que pode ter acontecido aqui”.

“Eu realmente não sei porque a Ferrari não pensou em protestar, mas a opção ainda está aberta para eles, porque a decisão dos comissários está relacionada a este evento. Por isso, poderia ocorre novamente se forem usadas no Brasil, por exemplo”.

Quer concorrer a uma réplica do capacete do Ayrton Senna? Clique AQUI e palpite sobre quem vai vencer o GP do Brasil de Formula 1 em 11 de novembro!

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.