F1 – Whiting contrário a carro de segurança mais rápido

sexta-feira, 4 de maio de 2018 às 12:51

GP do Azerbaijão

O diretor de corrida da FIA, Charlie Whiting, diz que não está convencido pelos pedidos dos pilotos de Fórmula 1 de tornar o Safety Car mais rápido.

O novo Safety Car introduzido este ano é o mais poderoso já usado na F1. Mas Whiting disse que “é um pedido contínuo dos pilotos para tornar o carro de segurança mais rápido – não apenas para ser conduzido mais rápido, mas para torná-lo um carro mais rápido”.

O Mercedes AMG GT R que está sendo usado este ano produz 585 HP. “Todos os anos tentamos e torná-lo um pouco mais rápido, mas o quão rápido você quer ir?”, disse Whiting. “O carro está aí para atrasá-los”.

“Todos reclamam de pneus e freios frios, mas é o mesmo para todos, e só precisam dirigir depois de acordo com a aderência menor, então tem que ir um pouco mais devagar até conseguirem mais aderência”.

“Eu sei que provavelmente não é muito agradável para os pilotos terem que lidar com isso, mas isso significa desacelerá-los e controlar os carros. É por isso que usamos o Safety Car, por exemplo, quando os fiscais estavam recuperando o carro de Grosjean. Nós não poderíamos confiar nos pilotos para ir tão lentamente após esse incidente, é para isso que o Safety Car serve”.

Whiting acrescentou que não recebeu reclamações dos pilotos durante a corrida de domingo sobre a velocidade com que o Safety Car estava sendo conduzido.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.