F1 – Whiting admite que a curva 8 de Baku possa ser problemática

terça-feira, 24 de maio de 2016 às 15:57
Curva 8 de Baku, Azerbaijão

Curva 8 de Baku, Azerbaijão

Charlie Whiting, diretor de prova e delegado de segurança da FIA, admitiu que a curva 8 de Baku possa ser problemática quando se trata de incidentes e recuperação de veículos, mas insiste que o circuito não é inseguro.

A curva estreita, que sobe ao lado da famosa muralha da cidade, é pouco mais larga do que dois carros de F1 lado a lado e apresentará um verdadeiro desafio para os pilotos, mas Whiting insiste que uma análise completa de segurança foi feita antes de ser dada a luz verde para o traçado final.

“Não acho que haja qualquer razão para ter preocupações de segurança sobre qualquer parte do circuito, não mais do que temos para qualquer outra pista, porque olhamos a segurança de todos os elementos do circuito em grande detalhe e discutimos muito sobre isso”, disse Whiting.

“Todas as medidas que pedimos foram postas em prática”.

Falando exclusivamente sobre a curva 8, Whiting admitiu que a recuperação de veículos vai ser complicada, mas não mais do que a curva 18 de Cingapura, com 90 graus à esquerda e sob a arquibancada, e é frequentemente palco de vários acidentes durante o fim de semana de corrida.

Whiting revelou que o circuito contará com duas zonas de DRS ao longo da reta de chegada e novamente entre as curvas 2 e 3.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.