F1 – Wehrlein: Piora da Sauber mascarou seu desempenho

Pascal Wehrlein

Pascal Wehrlein acredita que a piora da Sauber no segundo semestre de 2017 mascarou suas melhorias, sendo que agora ele enfrenta um futuro incerto, tendo perdido a vaga na equipe para 2018.

Wehrlein, apoiado pela Mercedes, mudou-se da Manor para a Sauber e marcou pontos na Espanha (oitavo) e no Azerbaijão (10º) durante a primeira fase da campanha. No entanto, a Sauber ficou mais à deriva na parte de trás do grid, tentando desenvolver o seu C36, acentuado pelo uso de uma unidade de potência de um ano.

Wehrlein foi incapaz de escapar do Q1 durante a segunda metade da temporada, se classificando na última fila cinco vezes, e teve como melhor resultado em corrida um 12º lugar em Cingapura.

Quando perguntado se ele sentiu que foi capaz de mostrar seu potencial em 2017, Wehrlein disse: “Eu acho que na primeira metade da temporada sim. Na segunda metade, a diferença foi algumas vezes muito grande, e mesmo que tivéssemos uma boa corrida, você não conseguia ver isso, pois a diferença era muito grande”.

“Por exemplo, em Suzuka, levei uma volta do segundo último cara, então, o que você pode fazer lá? Em termos de resultado (a Espanha foi) a melhor corrida do ano, mas provavelmente na segunda metade da temporada tive melhores corridas, mas você não conseguiu vê-las”, explicou o alemão.

“A Malásia foi uma delas, estávamos perto do Q2 e a corrida foi bastante boa. Eu acho que (o Brasil) foi bastante bom em termos de desempenho. Não estávamos tão longe do Q2, acho, apenas um ou dois décimos”, prosseguiu.

Sobre 2017, Wehrlein comentou: “Eu sempre estava dando o meu melhor, acho que essa é a coisa mais importante que você pode dizer sobre si mesmo, quando a oportunidade estava lá, nós a agarramos”.

“Você sempre pode fazer as coisas melhor. Com mais experiência você pensa: ‘Ah uma ou duas corridas atrás, eu estava nessa direção com o acerto, agora eu sei que isso foi pior e eu deveria ter ido nesta direção'”, acrescentou.

“Você sempre aprende algo, mas definitivamente posso dizer que sempre estava dando o meu melhor e marquei cinco pontos quando conseguimos marcar pontos, isso é importante”, concluiu Wehrlein, que marcou os cinco pontos da Sauber em 2017 para terminar em 18º lugar na classificação.

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.