F1 – Vettel teria gostado de ter Kimi como companheiro

Sebastian Vettel e Kimi Raikkonen

Sebastian Vettel admitiu que gostaria de ter Kimi Raikkonen como companheiro na Red Bull em 2014, e que espera que isso aconteça no futuro.

Entretanto, o finlandês não chegou a um acordo com a equipe tricampeã mundial, e Daniel Ricciardo passou a ser o favorito para substituir Mark Webber na equipe austríaca, a partir do próximo ano. Nesta quinta-feira, Vettel disse abertamente que não teria problemas em dividir uma equipe com Raikkonen, porque, segundo ele, o finlandês representaria um ótimo desafio dentro da pista e não é adepto aos jogos políticos fora dela.

“Eu não tinha certeza o quão real os rumores eram. Tudo que sabia veio, em grande parte, da imprensa e, pelo visto, ele não virá maisn” falou Vettel. “Pude conversar com a equipe depois, mas não sou responsável pela decisão. Acho que a chegada de Kimi seria positiva por vários motivos, mas como não deve mais acontecer, então não vejo porque falar sobre isso. Mas quem sabe? Ele ainda é jovem e tudo pode acontecer. Nunca diga nunca,” continuou.

Com a reticência da Red Bull para confirmar os planos para 2014, apesar de Ricciardo fazer parte do programa de jovens pilotos da empresa, Vettel disse que não está preocupado com quem será seu futuro companheiro.

“Acho que, no final do dia, isso não é muito importante. Claro que você torce para que seja alguém competitivo, desse jeito, um piloto pode pressionar o outro dentro da pista. Mas não precisamos ser melhores amigos, apenas saber que os interesses da equipe vêm antes de tudo. Espero que possamos trabalhar bem juntos para ajudar a melhorar o carro o mais rápido possível. Isso é muito importante. Gostar ou não um do outro não é primordial, acho até que não seja absolutamente necessário,” completou Vettel.

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.