F1 – Vettel rejeita necessidade de psicólogo

Sebastian Vettel

Sebastian Vettel diz que não precisa de um psicólogo.

Recentemente, com seu sonho de ser campeão mundial em 2018 cada vez mais distante, alguns vêm culpando a calma questionável de Vettel sob pressão. Mas o piloto da Ferrari afirma que não vai desistir.

“O caminho ainda é longo e restam muitos pontos em jogo”, declarou Vettel ao Kleine Zeitung. “Um dos pontos fortes do nosso carro é que ele funciona bem em todos os lugares, portanto não há razão para temer o que vem pela frente. Acho que Sochi melhorou para nós em relação aos últimos anos, então ainda acredito. Continuarei lutando”.

Vettel afirmou antes do GP da Rússia que nunca pensa no cenário geral prematuramente.

“Para ter sucesso na Fórmula 1, é necessário montar um quebra-cabeça”, disse ele à Auto Bild. “É importante que o quebra-cabeça concluído seja seu sonho e sua meta, mas isso não pode distrai-lo da montagem”.

Entretanto, muitos acreditam que Vettel não vem lidando bem com a pressão em 2018.

“É claro que eu sofro pressão”, admitiu ele. “Porém, ela vem de mim mesmo a maioria do tempo. No meu tempo livre, eu não leio quase nada sobre a F1 – é principalmente futebol – e não deixo as críticas públicas me afetarem. Em geral, o lema é que você nunca é tão bom ou ruim quanto as pessoas dizem”.

Finalmente, Vettel rejeitou qualquer sugestão de que pode estar precisando de um psicólogo.

“Considero esse lado da história bastante interessante, mas não conheci a pessoa que acredito que pode me ajudar”, disse ele. “Eu analisei isso, não é um tópico que ignorei, mas desenvolvi coisas que funcionam para mim”.

Quer concorrer a uma réplica do capacete do Ayrton Senna? Clique AQUI e palpite sobre quem vai vencer o GP da Rússia de Formula 1 no próximo domingo!

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.