F1 – Vettel recusa o convite de Rosberg para a reunião da Mercedes

quinta-feira, 26 de março de 2015 às 12:32

Nico Rosberg e Sebastian Vettel

Sebastian Vettel recusou o convite de Nico Rosberg para participar da reunião de engenheiros na Malásia.

Na Austrália, os alemães trocaram golpes verbais na conferência de imprensa quando Rosberg sugeriu que ficaria feliz se a Ferrari de Vettel o alcançasse e depois o convidou para a reunião na Mercedes.

“Na sala de engenheiros, na reunião – estarei lá”, sorriu Vettel.

“Na sexta-feira, na Malásia, tudo bem”, disse Rosberg.

Rosberg organizou com seus chefes Niki Lauda e Toto Wolff para permitir que Vettel participasse da reunião, divulgando a notícia em um grande jornal alemão e em sua conta no Facebook.

E num comunicado oficial da equipe antes da corrida, Rosberg foi citado dizendo: “Estou particularmente ansioso para receber nosso convidado especial, o Sr. Vettel, para a reunião de sexta-feira”.

Na véspera da reunião, no entanto, Vettel disse à imprensa que acha que é um golpe de relações públicas.

“Eu tenho a impressão crescente de que a história foi se transformando em um golpe de relações públicas”, disse ao Auto Motor und Sport.

“Foi tudo um pouco encenado para o meu gosto. Acho que vou usar melhor o meu tempo na sexta-feira indo às nossas reuniões na Ferrari”, acrescentou Vettel, insistindo que a equipe italiana é “inteligente” o suficiente sem a ajuda da Mercedes.

Rosberg ficou desapontado, descartando a teoria de que era apenas um golpe.

“Sebastian realmente poderia ter vindo”, disse ele. “Talvez houvesse dois ou três detalhes que não colocaríamos sobre a mesa, mas poderia ter escutado o que eu sinto do carro e como ele se comportou no treino”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.