F1 – Verstappen “não teme” a saída da Red Bull

quinta-feira, 8 de outubro de 2015 às 16:39

Max Verstappen

Max Verstappen insiste que não tem preocupações sobre o seu futuro na F1, apesar da especulação sugerindo que Dietrich Mateschitz esteja pronto para retirar suas equipes.

Sem nenhum acordo de motor para 2016, a Red Bull e Toro Rosso estão olhando para a porta de saída da F1. As conversas continuam com a Ferrari, mas a Red Bull está determinada a ter um motor competitivo e a Scuderia está relutante em fornecer paridade.

Isso significa que Verstappen, Carlos Sainz, Daniil Kvyat e Daniel Ricciardo poderiam estar fora de um carro em 2016. Apesar disso, Verstappen disse: “Eu não estou com medo. Eu sei que tenho um contrato para mais alguns anos”.

“Mesmo que eles saiam – e nós temos que esperar e ver o que acontece – eu não tenho medo de não estar na F1. Se eles saírem, você tem que fazer alguma coisa, mas para mim não há sinais de que eles vão parar, então estou muito feliz onde estou”.

Mesmo se o pior vier a acontecer, Verstappen está convencido que a Red Bull iria cuidar dele.

“Isso seria justo”, acrescentou. “Eu não estou procurando nada. Estou muito feliz com a Red Bull, que fez muito por mim, é por causa dela que estou aqui, então para mim não há nenhuma razão para procurar ao redor”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.