F1 – Verstappen: Carros estão divertidos para classificar, mas não para competir

terça-feira, 5 de março de 2019 às 11:47

Max Verstappen

Depois de passar quatro dias se ajustando às novas regras aerodinâmicas deste ano, Max Verstappen diz que quer mais aderência mecânica.

Na semana passada, o holandês e a Red Bull terminaram a pré-temporada com Verstappen terminando em 17º lugar com o melhor tempo de 1:17.709.

Cobrindo 157 voltas na semana passada, ele não apenas entendeu melhor seu Red Bull RB15, mas também as novas regulamentações aerodinâmicas deste ano.

Ele também está bem ciente do que ele mudaria.

“Eu apenas aumentaria o assoalho do carro”, disse ele. “Então você pode gerar mais aderência mecânica e downforce com o próprio carro. Também tornaria a asa dianteira e traseira menor e menos complicada”.

Dando sua opinião sobre os carros de 2019, Verstappen avalia que os carros são divertidos na classificação, mas eles não dão prazer ao correr.

“Para mim, não é mesmo quebrar recordes ou ir o mais rápido possível”, acrescentou. “As corridas eram muito mais divertidas para mim em 2015 do que agora”.

“Se você tivesse uma sessão de classificação ruim, sabia que seria capaz de avançar em campo porque conseguia ultrapassar”.

“Agora você está apenas preso e não acontece muito mais. É o que é, mas espero que as coisas melhorem no futuro”.

“Por outro lado, esses carros são realmente ótimos para pilotar durante a classificação, se você ver quanto downforce é gerado”.

“Em Spa ou Cingapura, a classificação é realmente rápida e, quando a pista é ondulada, você tem aquela sensação de velocidade ainda maior”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.