F1 – Vandoorne evita penalidade de grid para Cingapura

quinta-feira, 14 de setembro de 2017 às 12:21
McLaren-Honda

McLaren-Honda

A Honda confirmou que conseguiu consertar o defeito do MGU-K na unidade de potência de Stoffel Vandoorne, evitando assim uma penalidade de grid, antes do GP de Cingapura deste fim de semana.

Vandoorne teve novos componentes da unidade de potência instalados na Itália, depois de sofrer uma perda de potência durante a classificação, o enviando para o fundo do grid, após se classificar entre o Top 10.

Ele então sofreu uma perda de potência, atribuído a um problema do MGU-K, na corrida, obrigando-o a abandonar, e a Honda não sabia se um conserto resultaria em uma penalidade de grid.

De acordo com as atuais regras da Fórmula 1, os pilotos podem usar apenas quatro de cada um dos seis elementos que compõem a unidade de potência antes que as penalidades de grid sejam impostas.

Como Vandoorne já está em sua sexta bateria, sétimo motor e MGU-K e décimo MGU-H e turbocompressor, qualquer peça nova resultaria em uma queda no grid.

A Honda confirmou na manhã de quinta-feira que conseguiu evitar tal passo, e que Vandoorne, juntamente com seu companheiro de equipe Fernando Alonso, usará a Spec 3.7 em Marina Bay.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.