F1 – Trulli critica a FIA por não ter punido Perez em Hungaroring

f111-trulli-hungria-sabado-rosto350Jarno Trulli criticou a FIA por não ter penalizado o rival da Sauber, Sergio Perez, durante o GP da Hungria do último fim de semana. Ele alegou que o mexicano cortou a chicane no início da prova a fim de recuperar sua posição.
“Desta vez, é minha vez de reclamar e criticar a FIA, apesar de minha corrida ter acabado quase imediatamente”, escreveu Trulli em sua coluna para o Repubblica. “No começo, eu já tive de lidar com três incidentes à minha frente, então Perez chegou com seu comportamento absurdo e tudo terminou”.
“Ele estava estranhamente lento, mais do que minha Lotus: eu o ultrapassei duas vezes, e para recuperar sua posição, ele cortou a chicane. As regras são muito claras, ele tinha de tirar o pé e me devolver a colocação; ao invés disso, não se importou, ficou à minha frente”.
“Ele mostrou um tipo raro de grosseria e uma ignorância única das regras, mas eu me pergunto por que a FIA não tomou nenhuma atitude. Para que eles estão lá? O que estavam olhando? Entendo porque um garoto se mostraria indiferente, mas os comissários precisavam intervir”.
“Eu só podia ultrapassá-lo no setor lento, mas não consegui mais, ele me atrasou e arruinou minha corrida antes do meu motor me obrigar a abandonar. Minha mensagem é clara: as regras são iguais para todos. Não apenas para os pilotos que estão na frente, mas também para aqueles no final do grid”.

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.