F1 – Toto Wolff diz que acusações à Nico Rosberg são ridículas

sábado, 24 de maio de 2014 às 12:42

Toto Wolff

O chefe de equipe da Mercedes, Toto Wolff disse que sugestões de que Nico Rosberg deliberadamente causou o incidente, que tirou de Lewis Hamilton uma tentativa para a pole, eram asneiras.

A pole de Rosberg está atualmente sob investigação – embora a equipe Mercedes ainda não tivesse sido convocada pelos comissários – depois de ter provocado bandeiras amarelas, derrapando na curva Mirabeau na sua última volta voadora.

As bandeiras amarelas fizeram Hamilton recuar e abandonar sua volta, que estava um pouco mais rápido do que Rosberg no primeiro trecho, deixando o britânico em segundo no grid atrás de seu companheiro de equipe.

Apesar da investigação e da recusa de Hamilton em responder a perguntas diretas sobre se ele achava que Rosberg tentou atrapalhar sua tentativa à pole, Wolff insistiu que o assunto era uma fantasia.

“Ele disse isso?”, respondeu ele quando disseram que Hamilton poderia suspeitar que o incidente foi proposital.

“Eu não acho que ninguém faz isso (bater deliberadamente) na Formula 1 moderna. Ele perdeu seu ponto de frenagem e aproveitou a área de escape. Não há mais nada a acrescentar”.

“Eu sei que vocês querem algo picante, história controversa, mas isto é tudo uma asneira”.

Wolff negou que o assunto poderia atiçar a tensão entre os pilotos, que estão envolvidos em uma batalha particular para o título de 2014 .

Ele minimizou a importância de Rosberg dar ré de volta à pista, dizendo que era irrelevante, já que seu erro provocou independentemente as bandeiras amarelas.

“Eu não sei se ele deu ré na pista, mas a classificação tinha acabado de qualquer maneira”, disse Wolff. “Havia bandeiras amarelas, por isso o treino foi encerrado”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.