F1 – Tost surpreso pela falta de conhecimento da Honda com chassis

quinta-feira, 27 de dezembro de 2018 às 8:42

Toro Rosso Honda

Franz Tost, diretor da equipe de Fórmula 1 da Toro Rosso, diz que ficou “chocado” com o pouco conhecimento específico da Honda depois de sua parceria de três anos com a McLaren.

A Honda começou a fornecer motores para a Toro Rosso no início de 2018 e marcou o seu melhor final do ano, um quarto lugar para Pierre Gasly no Bahrain, apenas com duas corridas.

A equipe terminou em nono no campeonato de construtores com 33 pontos e a Honda assinou um contrato para abastecer a equipe de pilotos da Red Bull na próxima temporada, substituindo a parceira de longa data Renault.

“Tivemos uma cooperação muito boa e temos uma relação comercial muito boa”, disse Tost à Autosport.

“Se há algo que detectamos do nosso lado, nos sentamos juntos, discutimos e depois tentamos encontrar uma solução”.

“Quando tivemos o primeiro encontro com a Honda, fiquei chocado, porque eles não sabiam coisas relacionadas ao chassi ou à unidade de potência”.

“Se você está começando com um novo parceiro, primeiro você tem que se sentar juntos para discutir para descobrir onde precisamos nos concentrar”.

“Mas foi muito rápido e muito bem porque eles estavam totalmente abertos e nós também estávamos do nosso lado”.

A Honda declarou que a comunicação que desfrutou com a Toro Rosso foi a maior mudança fora da pista que notou, desde a época com a McLaren.

Embora a McLaren tenha ficado cada vez mais frustrada com a Honda, depois de ter estabelecido requisitos claros para alcançar, Tost disse que a Toro Rosso só estava interessada em melhorar a colaboração.

“A filosofia da Toro Rosso é, em geral, a de que somos transparentes porque o nosso único objetivo é ser bem sucedido”, disse Tost.

“Não há absolutamente nenhuma política dentro da equipe. Temos um relacionamento muito bom”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.