F1 – Todt: Prêmio em dinheiro precisa de reestruturação

sexta-feira, 22 de janeiro de 2016 às 12:54

Jean Todt

Jean Todt apelou para a F1 ajustar a estrutura de pagamento do prêmio em dinheiro, mas admite que não haja nada que a FIA possa fazer sobre isso.

Atualmente as equipes de ponta da F1 recebem a maior parte do dinheiro do prêmio. Isto permitiu que a diferença entre as que estão na frente do grid e aquelas na parte de trás continue a crescer.

E embora tenha havido chamadas nos últimos tempos para a estrutura da premiação em dinheiro mudar, Todt diz que não há nada que a FIA possa fazer para ajudar.

“A FIA não tem nada a ver com isso. É um assunto para as equipes, as fabricantes e o detentor dos direitos comerciais”, disse ele. “É claro que fica a pergunta que se você dá mais dinheiro para os mais ricos e menos para os mais pobres, o que vai acontecer?”

“Neste caso vamos tentar identificar regulamentos que não penalizem as pessoas que têm menos dinheiro do que as outras.”

No entanto, o presidente da FIA admite que há pouca chance de isso acontecer.

De acordo com Todt, existe muito “interesse próprio” em vez de “interesse global” na F1, que significa que as equipes nunca concordariam com uma mudança.

“Infelizmente, muitas vezes o interesse próprio, em vez de interesse global que é discutido. Eu concordo que seria muito mais saudável se tivéssemos um bom corpo governante que dita as regras que tornariam as coisas muito mais igual para todos”.

“Deveríamos ter um governador para isso, por isso, se quiserem estou muito feliz em tê-lo a bordo”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.