F1 – Temor por ultrapassagens difíceis é justificado no teste

terça-feira, 28 de fevereiro de 2017 às 12:07
Mercedes e Ferrari

Mercedes e Ferrari

O receio de que o pacote aerodinâmico de 2017 da Fórmula 1 torne as ultrapassagens mais difíceis foi confirmado no primeiro dia de testes, já que os pilotos acharam mais difícil acompanhar outros carros.

Os altos níveis de downforce sempre tornaram mais difícil para um carro atrás se manter ali em curvas rápidas, porque perde aderência dianteira.

A ultrapassagem não fazia parte do resumo da FIA quando as novas regras foram formuladas, com o foco em tornar os carros mais rápidos e mais desafiadores ao dirigir.

Tanto Lewis Hamilton como o veterano Felipe Massa sentiram que a aerodinâmica de 2017 tornou o problema ainda pior.

“Eu estava atrás de alguns carros na pista e era mais difícil de acompanhar, como esperávamos”, disse Hamilton. “E também os pneus são tão duros agora que eles não perdem aderência, apenas continuam indo e indo e indo e indo”.

“Então, muito provavelmente vamos fazer muito mais corridas de uma parada e, uma vez que não há degradação, menos erros, menos ultrapassagens”.

Massa disse que gostou de pilotar o novo Williams FW40, mas também foi cauteloso sobre a qualidade das corridas.

“Definitivamente do ponto de vista da condução, é muito mais agradável para o piloto”, disse o brasileiro. “Para o show, eu não sei”.

“Tenho certeza que será mais difícil ultrapassar. Hoje, estando atrás de outros carros, você perde muito mais downforce. O carro também é muito maior”.

“Vamos ver, mas acho que será mais difícil ultrapassar”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.