F1 – Symonds não acha abordagem da Haas correta

quarta-feira, 23 de março de 2016 às 15:38
Pat Symonds

Pat Symonds

“A F1 está indo na direção errada com a forma como a Haas chegou na categoria, apesar da sua estreia com pontos”, diz o chefe técnico da Williams, Pat Symonds.

A Haas provocou uma das maiores surpresas na abertura da temporada quando uma troca de pneus durante o período de bandeira vermelha ajudou Romain Grosjean a garantir um sexto lugar.

Mas, apesar do prazer que muitos sentiram com o desempenho de estreia da equipe Haas, Symonds questionou se é certo que as equipes devam seguir o mesmo caminho de ‘carro de cliente’.

“Eu acho que o status de ser um construtor está sendo gradualmente solapado”, disse Symonds. “E alguns gostariam de vê-lo completamente corroído”.

“Acho o que a Haas fez foi bom para ela, mas não sei se essa é a direção que a F1 deve seguir. É totalmente legal, mas é realmente o que a F1 quer? Não tenho certeza”.

A Haas formou uma parceria técnica com a Ferrari, que, assim como os motores, incluíam comprar tantos componentes quanto permitidos nos termos das regras.

Symonds acredita que aumentar o que as equipes podem compartilhar pode significar o desaparecimento das equipes de construtores.

“Acho que quando fizemos a lista das peças, com as peças originalmente listadas, era muito pragmática”, disse ele. “Permitiam-nos vender algumas, como as transmissões, que são de alto valor mas com baixo impacto no desempenho”.

“Eu preferiria a F1 tendo mais ênfase em construtores”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.