F1 – Steiner quer finais de semana mais curtos, não menos corridas

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2019 às 11:51

Guenther Steiner

Guenther Steiner, da Haas, diz que apoiaria fins de semana de corrida mais curtos, revelando que preferiria isso a menos grandes prêmios.

O calendário deste ano voltará a ver a Fórmula 1 em 21 locais, enquanto a próxima temporada poderá aumentar para 23.

Não só o Vietnã tem um contrato para 2020, mas Miami ainda pode participar.

Nem todo mundo na F1 é a favor de estender o calendário com Lewis Hamilton dizendo que ele deixará a categoria se atingir 25 corridas.

“Eu sou alguém que gosta muito de corridas, mas a temporada é longa. É uma longa, longa temporada, é um longo, longo compromisso para todos nós”, disse ele no ano passado.

Ele acrescentou: “Eu não vou estar aqui quando chegar a 25, isso é certo”.

A solução de Steiner para isso é ter fins de semana de corrida mais curtos, tirar a quinta-feira do programa e ter apenas um treino em uma tarde de sexta-feira.

“Com mais de 23 [corridas] eu acho que fica difícil”, disse o chefe da equipe Haas ao site RaceFans.net.

“Mas o que eu gostaria de ver seria talvez encurtar o fim de semana, em vez de vir aqui na quinta-feira… chegar na sexta-feira. Basta fazer uma longa sessão na tarde de sexta-feira”.

“Eu entendo que o promotor quer ter carros na pista na sexta-feira, mas nós poderíamos fazer isso tudo na sexta-feira à tarde”.

“Eu iria mais com algo assim do que reduzir o número de corridas”.

A Liberty Media está buscando formas de sacudir a Fórmula 1 em 2021 com fins de semana de corrida mais curtos em estudo. Segundo relatos, os proprietários da F1 esperam que menos tempo de treino signifique menos corridas previsíveis.

[the_ad id=”237860″]

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.